Artigos


18/01/2010
ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS PREJUDICIAIS AO BEM ESTAR ANIMAL
DRA. RACHEL BORGES RIBEIRO


No Brasil, a ocorrência de alterações climáticas está trazendo muitas patologias aos animais. Atualmente as quedas imunológicas aparecem com freqüência e quadros alérgicos indesejáveis progredindo diariamente. Com alterações de temperaturas visíveis no planeta ocorre um grande aquecimento do solo, em decorrência disto os animais que possuem contato direto de seus coxins palmares e plantares, ficando expostos a queimaduras muito graves.

A partir disto o cão pode apresentar ocorrência de dermatites interdigitais, dermatites por rachadura e cortes em coxins, crescimento bacteriano e contato com o nível de dor nestas regiões com freqüência, ocasionando alterações comportamentais.

Muitos acreditam que os animais podem adquirir adaptação após contato direto por longo período a temperaturas elevadas no solo. Porém atualmente quase 80% dos cães de ambientes domésticos possuem alguma alteração citada anteriormente.
Normalmente os mais acometidos são cães de pequeno porte e aqueles que possuem despigmentação dos coxins, com muita dificuldade é possível reverter ou diminuir o quadro. A utilização de mecanismos como pé dilúvio associado a medicamento para dermatite e queimadura costumam ter resultado imediato, porém a causa deve ser retirada como, por exemplo, cães devem passear apenas em horários de temperatura baixa, principalmente no início da manhã e final da tarde. Para aqueles que precisam de mais de dois passeios diários , o Médico Veterinário , recomenda a utilização de protetor solar fator 50 e proteção local como sapatos apropriados.

Normalmente os cães que possuem maior pré- disposição a queimaduras também podem adquirir um melanoma (câncer de pele) por exposição contínua a elevadas temperaturas.

Diversos relatos de alterações comportamentais como lambedura e mordedura contínua de patas estão aumentado a cada dia, e muitos cães sendo tratados por distúrbios psicológicos, mas um dos maiores fatores está no aquecimento acelerado do solo.

Atualmente os cães são a maior parte da natureza que os seres humanos têm contato, nada melhor do que eles, para demonstrar o que as alterações climáticas poderão trazer de prejuízos ao nosso planeta.
===================================
Dra. Rachel Borges - PET ART - A NOVA MANIA do Humaitá - 2527-1646/3217-1646


Comente este artigo Enviar este artigo por e-mail Imprimir este artigo Voltar para a página de artigos



Mais Artigos